De que está à procura ?

Lifestyle

Portugal desfila em Paris por mais seis anos

© DR

A moda portuguesa vai estar presente nas próximas seis edições da semana da moda de Paris até 2023 e a primeira participação é em junho próximo com David Catalán, Estelita Mendonça e Huarte, anunciou esta quarta-feira o Portugal Fashion.

O Portugal Fashion e a Tranoï, parceiro oficial da Semana da Moda de Paris, assinaram um acordo para seis edições em Paris e três edições no Porto até outubro de 2023, lê-se num comunicado enviado à agência Lusa.

“O acordo com a Tranoï é mais um passo importante para a internacionalização dos ‘designers’ portugueses na sua vertente mais comercial e de negócio. Um ponto primordial, e fundamental, para o Portugal Fashion na promoção da moda portuguesa além-fronteiras. Com esta parceria, e tirando partido da enorme rede de contactos (…), há uma possibilidade real para que ‘designers’ e marcas portuguesas tenham hipóteses de negócios e sejam, dessa forma, sustentáveis financeiramente”, defende Mónica Neto, diretora do Portugal Fashion.

A primeira participação em Paris, depois a assinatura do acordo, vai ser na semana da moda masculina que vai decorrer no próximo mês de junho, no Palais Tokyo, com os designers David Catalán, Estelita Mendonça e Huarte.

“A cada edição o Portugal Fashion ficará responsável pela proposta dos nomes para a participação, ficando a escolha e a curadoria das marcas a cargo da Tranoï, usando o seu conhecimento de vários anos e avaliando o posicionamento internacional que cada marca pode ter nos vários mercados mundiais”, acrescenta o comunicado.

O diretor executivo da Tranoï, Boris Provost, assume-se “muito feliz” por receber os ‘designers’ de Portugal, e por poder ajudar a divulgar o seu trabalho junto dos profissionais da moda.

“Os ‘designers’ portugueses que vamos receber nas próximas seis edições da Tranoï fazem parte de uma nova geração de ‘designers’ que têm uma visão ambiciosa da moda. Agradeço ao Portugal Fashion pelo envolvimento”.

O Portugal Fashion é um projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), que conta com o apoio dos seus parceiros estratégicos e é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 — Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

#portugalpositivo

TÓPICOS