De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Desporto

Olympiacos anuncia contratação de Daniel Podence

O futebolista português Daniel Podence, que rescindiu com o Sporting, foi oficializado esta segunda-feira como jogador do Olympiacos, treinado por Pedro Martins, com o clube a anunciar a contratação do médio de 22 anos.

No clube grego, Podence reencontrá o antigo colega de equipa no Sporting André Martins, passando a ser orientado por Pedro Martins, após uma época de 2017/18 em que cumpriu 20 jogos pelos lisboetas, antes de se lesionar.

No domingo, Podence tinha dito que a passagem pelo Sporting, clube ao qual tinha chegado há 12 anos, acabou “definitivamente”, embora tivesse admitido continuar após ter pedido a rescisão de contrato.

“Não me pronunciei antes sobre o assunto por ainda não saber o meu futuro, sendo que esse poderia ser no Sporting Clube de Portugal. Definitivamente, a minha passagem pelo Sporting acabou e essa passagem não foi curta. Por isso, a decisão que tomei foi a mais refletida possível. Nunca deixaria o Sporting se assim não fosse”, escreveu na rede social Instragram.

O avançado de 22 anos, antigo internacional sub-21, chegou ao Sporting no escalão de infantis, proveniente do Belenenses, e, desde então, apenas saiu por empréstimo dos ‘leões’ para o Moreirense, em 2016/17, cumprindo um total de 40 jogos pela equipa principal e 79 pela equipa B dos ‘verdes e brancos’.

“Foram 13 anos de ‘leão ao peito’, dos quais eu tenho o maior orgulho e estarei eternamente grato. Eu cresci no Sporting. A minha formação pessoal e desportiva devo-a ao Sporting (…). Apesar de tudo o que o Sporting me ensinou, ninguém me ensinou a lidar com um ambiente de ameaças, de violência, onde temo pela minha segurança e pela da minha família e nem deveriam ter ensinado, porque o futebol ou outro desporto não devem ser assim”, prosseguiu.

O avançado português foi um dos nove jogadores do Sporting que rescindiram o contrato com o clube alegando justa causa, depois de vários elementos do plantel, da equipa técnica e do ‘staff’ terem sido agredidos na Academia por cerca de 40 adeptos encapuzados, dos quais 27 foram detidos e ficaram em prisão preventiva.