De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Mundo

Morreu na prisão o produtor dos Beatles

O produtor Phil Spector, um dos mais conhecidos da indústria discográfica desde a década de 1960, criador da designada “parede de som”, morreu no sábado aos 81 anos, informaram hoje os serviços prisionais da Califórnia.

Phil Spector, que produziu álbuns como “Lei it be”, dos The Beatles, morreu devido a complicações relacionadas com a covid-19, que contraiu na prisão, segundo aqueles serviços.

O produtor musical fora diagnosticado com covid-19 há quatro semanas, e morreu no sábado num hospital para onde fora transferido devido a complicações respiratórias, acrescentaram os serviços prisionais.

Phil Spector ganhou fama na industria discográfica ao produzir trabalhos de Tina Turner, The Beatles e dos Righteous Brothers.

Foi o impulsionador da denominada “wall of sound” (“parede de som”), caracterizada por exuberantes orquestrações e instrumentações, com apoio de baixos, que definia como “uma aproximação wagneriana ao rock and roll”.

Em abril de 2008, Phil Spector foi declarado culpado de ter assassinado a tiro, em 2003, a actriz Lana Clarkson, em sua casa.

Um primeiro julgamento, em 2007, fora anulado, por ter sido impossível aos membros do júri chegarem a um acordo.

Mais tarde, em outubro, no mesmo ano, provas apresentadas em novo julgamento foram suficientes para determinar que, a 3 de fevereiro de 2003, Spector assassinara Lana Clarkson, horas depois de a ter conhecido num club de Sunset Strip, em Hollywood, onde aquela trabalhava.

Em 2009, foi condenado a 19 anos de prisão.

A acusação retratou Spector como um sádico misógino com um história de três décadas “a jogar à roleta russa com as vidas das mulheres” quando estava embriagado.