De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Europa

Manifestações dos “coletes amarelos” puseram França em alvoroço

Uma manifestante morreu sábado num acidente no sudeste de França, quando foi atropelada por uma condutora que levava a filha ao médico e entrou em pânico, avançando para os manifestantes que tentavam evitar que o veículo prosseguisse a marcha, disse o ministro do Interior francês.

Foi a única vítima mortal dos protestos dos “coletes amarelos” contra o aumento dos impostos dos combustíveis que causaram sábado perturbações na circulação rodoviária nalguns pontos de França, designadamente na periferia oeste de Paris e em pelo menos três zonas do norte do país.

O movimento dos “coletes amarelos”, um movimento cívico à margem de partidos e sindicatos criado espontaneamente nas redes sociais e alimentado pelo descontentamento da classe média-baixa, promoveu este sábado mais de mil manifestações em toda a França, com cerca de 280.000 mil manifestantes e mais 1.100 pontos de tensão.

Os “coletes amarelos”, nome alusivo aos coletes fluorescentes que é obrigatório ter no interior dos veículos, têm o apoio de 74% da população francesa, segundo uma sondagem publicada na passada sexta-feira.