De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Portugal

Emigrante morre soterrado em vala com cinco metros de profundidade

Domingos Gama estava a passar férias na terra natal de Sapelos, em Boticas, e iria regressar hoje à Suíça.

O emigrante, de 47 anos, morreu esta quarta-feira, após ter ficado soterrado numa vala com cerca de cinco metros de profundidade, na sequência de um deslizamento de terras. A GNR está a investigar o caso, noticiou o Correio da Manhã.

A vítima estava, ontem, num terreno agrícola a aproximadamente 10 quilómetros da aldeia, juntamente com o pai, o irmão e outros familiares, onde realizavam trabalhos para exploração de uma nascente de água.

“Eles estavam prestes a sair para irem almoçar quando a vítima decidiu descer à vala para ir ajeitar o tubo. No momento em que desceu, a terra desabou”, explicou ao CM Carlos Gomes, comandante dos Bombeiros Voluntários de Boticas.

Quando os meios de socorro chegaram ao local, procederam à retirada imediata da terra.

“A vítima tinha cerca de 70 centímetros de terra em cima. Com a ajuda da máquina giratória que estava no local fizemos remoção de terras, mas também com pás e sacholas, até encontrarmos o corpo”, concluiu o comandante.

Ao saber da morte do filho, a mãe de Domingos Gama ficou em estado de choque e teve de ser assistida no hospital. A mulher e a filha da vítima também tinham estado naquela aldeia e regressaram à Suíça há cerca de três dias, devido ao início das aulas da menor.

Após autópsia, o corpo do emigrante será sepultado na aldeia de Sapelos que ontem chorava a sua morte.