De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Mundo

Deputado Paulo Pisco recebe Prémio Lusofonia na área da Cidadania

“Ao tomarmos, por unanimidade, a decisão de atribuirmos a Paulo Pisco o Prémio Lusofonia 2018, na área Cidadania, sentimos que estávamos a cumprir o justo reconhecimento a um trajeto, a uma obra e a uma visão muito especial e determinada da diversidade das culturas lusófonas”, pode ler-se em comunicado da organização da gala.

Paulo Pisco já reagiu nas redes sociais declarando-se “muito honrado pela distinção que receberei na na Gala dos Prémios da Lusofonia”.

A segunda edição da Gala dos Prémios da Lusofonia, vai ter lugar no dia 27 de outubro, no auditório Ruy de Carvalho, em Oeiras/Carnaxide, a partir das 21h00.

O deputado socialista eleito pela emigração europeia Paulo Pisco vai receber o Prémio Lusofonia 2018 na área da Cidadania.

Paulo Pisco, colunista regular do BOM DIA, é licenciado em Filosofia e com Pós-Graduação em Estudos Europeus é, desde 2009, Deputado eleito pelo Círculo Eleitoral da Europa no Parlamento Português (tendo já, aliás, sido deputado no período 1999-2002). É Coordenador dos Deputados Socialistas na Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas; Membro da Comissão dos Assuntos Europeus; Presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-Luxemburgo; Vice-presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-França; Membro da Comissão das Migrações e Refugiados da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa.

Pisco tem desenvolvido a sua intensa atividade no quadro da cidadania de Língua Portuguesa. Com efeito, realizou um trabalho constante e de qualidade superior na área da intervenção pública e da Cidadania. Foram diversas e sempre qualificadas as intervenções públicas no domínio da Lusofonia para aproximar as diásporas dos países da CPLP, particularmente em França, Luxemburgo, Reino Unido e Alemanha. Diversas também as Intervenções na Assembleia da República acerca do aprofundamento da CPLP, tal como, e ainda, Intervenções sobre várias vertentes da CPLP nas diferentes edições da Bienal de Culturas Lusófonas de Odivelas.

Paulo Pisco foi condecorado com o Grau de Chevalier de l’Ordre de Mérite atribuído pelo Grão-Ducado do Luxemburgo.