De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Colunistas

Cartografias I

Deixou o tempo passar na sua cadência sincronizada. As palavras eram sempre um bálsamo nas noites de insónia.

Folheava os livros, percorria as páginas, uma a uma, lentamente. As personagens ganhavam vida, fulgor, sentimentos. Nada era fruto da sua imaginação!

Sentia aquele mundo tão seu!

“Presenças reais” a percorrer o significado da palavra. Mitos antigos desconstruidos, renovados num mundo em decadência.

Homens, mulheres procurando o sentido dos dias, dentro de uma modernidade inquietante. A fragilidade dos sentimentos. O sentido do vazio!

Contornos de uma existência avassaladora!

Onde ficava a fronteira que separa a realidade da ficção?

Perguntava ela!