De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Reino Unido

Vila Real: português de Londres homenageado na terra natal

O enfermeiro português que prestou os primeiros socorros a uma jovem vítima dos atentados de Londres, a 3 de junho, foi homenageado pela Câmara de Vila Real, de onde é natural. “Surpreendido”, Carlos Pinto ficou contente com o reconhecimento da autarquia.

“Quando me disseram, fiquei um bocadinho sem jeito”, disse Carlos Pinto, admitindo a surpresa com a condecoração com o grau ouro da Medalha Mérito, que lhe foi atribuída no 92.º aniversário da elevação de Vila Real a cidade, a 20 de julho, no Teatro Municipal. Uma cerimónia que distinguiu várias pessoas e instituições vila-realenses. Também o piloto Tiago Monteiro recebeu a medalha de ouro da cidade. Nasceu no Porto, tem raízes no Douro e transformou-se num herói para a cidade devido ao Circuito Internacional de Vila Real e aos pódios alcançados no Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC).

Carlos Pinto, modesto disse ao Jornal de Notícias, que “é inesperado, não estava nada a contar com isto, mas é bom ver o nosso trabalho reconhecido”, acrescentou, sustentando que apenas agiu por instinto e dever profissional quando prestou os primeiros socorros a uma jovem esfaqueada na noite de 3 de junho, num restaurante do mercado de Borroughs, em Londres.

“Ainda me parece estranho ser homenageado por um ato normal, por cumprir o meu dever”, disse Carlos Pinto, confessando um certo constrangimento pela homenagem. “Agi naturalmente, sem pensar e sem saber, sequer, o que estava a acontecer”, disse.

A jovem vítima do atentado estava junto à porta do restaurante “El Pastor”, em Londres, quando foi esfaqueada por um dos três homens que perpetraram os ataques de 3 de junho, que causaram sete mortos e 48 feridos.