De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Reino Unido

Estilistas portugueses candidatos a fundo de moda no Reino Unido

Marta Marques e Paulo Almeida

A dupla de estilistas portugueses Marques’Almeida está entre os finalistas candidatos ao fundo de ‘design’ do British Fashion Council, BFC – Vogue Designer Fashion Fund 2018, no valor de 200 mil libras (225 mil euros), foi hoje anunciado.

Os outros finalistas são David Koma, Huishan Zhang, Le Kilt, Molly Goddard e Rejina Pyo, indicou o British Fashion Council (BFC), o organismo de promoção da moda britânica.

Lançado há dez anos, em 2008, o Fundo tem por objetivo descobrir novos talentos, acelerar o desenvolvimento e afirmação de profissionais em início de carreira e o crescimento dos seus projetos comerciais, ao longo de um período de doze meses, através da atribuição de um prémio monetário.

O júri é presidido pelo diretor da edição britânica da revista Vogue, Edward Enninful, e é composto por especialistas da indústria da moda como Caroline Rush, do BFC, o ‘designer’ de origem canadiana Erdem Moralioglu, mentor da marca ERDEM de pronto-a-vestir de luxo, Gemma Metheringham, diretora criativa da LABEL, a chefe de compras de moda da Harrods, Helen David, a modelo Jourdan Dunn, a fundadora da marca de cosmética Rodial, Maria Hatzistefanis, a responsável pelo ‘marketing’ da Burberry, Sarah Manley, o responsável da Topshop, Paul Price, a presidente da chinesa JD.com, Xia Ding, e a embaixadora do BFC para talentos emergentes, Sarah Mower.

Para a candidatura, as marcas tiveram de apresentar um plano estratégico para o crescimento do negócio, e os finalistas vão agora receber aconselhamento do BFC, com acesso a financiadores e especialistas da indústria, incluindo uma mesa redonda coordenada por Paul Smith.

Xia Ding, da JD.com, patrocinador do concurso e principal rede retalhista na China, vai também oferecer conselhos sobre a melhor forma de penetrar no mercado chinês, o segundo maior mercado consumidor e marcas de luxo, a nível mundial.

Em 2017, o Fundo foi atribuído em ‘ex-aequo’, a Mother of Pearl e palmer // harding. Em edições anteriores, distinguiu Christopher Kane, Erdem, Mary Katrantzou, Nicholas Kirkwood, Peter Pilotto e Sophia Webster.

O objetivo, este ano, é ajudar não só em termos de consultoria e financiamento, mas também em áreas como contabilidade, ‘merchandising’, estratégia de negócios, crescimento internacional, retalho e comércio eletrónico.

“A nossa lista de finalistas é uma verdadeira representação do talento de ‘design’ diverso e inspirador que promovemos no Reino Unido, e estou ansioso para ver quem nos vai impressionar à medida que avançamos”, disse o presidente do júri, Edward Enninful.

Formados por Paulo Almeida e Marta Almeida, os Marques’Almeida participam desde 2010 na Semana da Moda de Londres, cidade onde se instalaram em 2009.

Em 2014, foram premiados na categoria de Talento Emergente – Moda Feminina dos British Fashion Awards do BFC e, em 2015, receberam o prémio da LVMH para Jovens Estilistas de Moda – prémio de ‘holding’ de marcas de luxo -, no valor de 300 mil euros, atribuído por um júri que incluiu, entre outros, Karl Lagerfeld e Marc Jacobs.

A notoriedade alcançada abriu portas ao convite para criarem, nesse ano, uma coleção para a rede de lojas Topshop e para, em 2015, desenharem o guarda-roupa para o espetáculo de gala de moda da companhia de ballet de Nova Iorque.

Todos os estilistas finalistas serão entrevistados pelo júri a 15 de março, e o vencedor será anunciado em 08 de maio.