De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Europa

Editoras portuguesas presentes na Offprint Paris

As editoras portuguesas de fotografia Ghost Editions e Pierre von Kleist vão voltar a participar no Offprint Paris, uma feira de editoras de livros de fotografia, a decorrer em Paris, de 09 a 12 de novembro.

A Ghost Editions vai participar pela sexta vez na Offprint e vai levar, além dos livros que já editou, três títulos novos, nomeadamente “Productivity (Studio Rehearsals)”, do artista visual e performer Ramiro Guerreiro, “IÉ-IÉ” e “Eu Fotografo-te a fotografá-lo a fotografar-me” dos fundadores da editora Patrícia Almeida e David-Alexandre Guéniot.

“Eu Fotografo-te a fotografá-lo a fotografar-me” baseia-se num “dispositivo-jogo que reúne três jogadores munidos de uma câmara fotográfica e que se fotografam uns os outros”, explicou à Lusa David-Alexandre Guéniot.

“Ié-Ié”, também de Patrícia Almeida e David-Alexandre Guéniot, relata, a partir de artigos e fotografias de imprensa de época, o “Grande Concurso de Música Ié-Ié” que reuniu 72 conjuntos musicais no Teatro Monumental em Lisboa, entre 1965 e 1966, fazendo ver “emergir, num contexto da ditadura e de guerra colonial, uma geração confrontada com novas aspirações socioculturais suportadas pela música, o cinema e a moda”.

“Productivity (Studio Rehearsals)”, de Ramiro Guerreiro, apresenta fotografias de performances, nunca apresentadas em público e criadas de propósito para a publicação, sob a forma de cartazes, “possibilitando ao leitor ‘assistir’ às performance mas também expô-las”, acrescentou David-Alexandre Guéniot.

O fundador da Ghost Editions sublinhou que a Offprint Paris é, a par da New York Art Book Fair, “um dos maiores eventos internacionais dedicado ao livro de artista e às novas tendências bibliófilas no campo do design, da fotografia, das artes visuais, das revistas”.

“Passam pela feira milhares de pessoas, não só compradores mas também jornalistas, críticos, colecionadores, responsáveis de instituições culturais, artistas ou ainda estudantes em arte, do mundo inteiro, EUA, Japão, Coreia, Europa, Austrália. Assim, a feira não é só um mercado para vender mas também a oportunidade para divulgar as nossas publicações e cruzar os públicos que se podem interessar pelo nosso catálogo”, concluiu.

A Pierre von Kleist, dirigida pelos fotógrafos José Pedro Cortes e André Príncipe, vai apresentar dois livros de artistas japoneses: “Okinawa” de Keiko Nomura, com imagens sobre a ilha de Okinawa no Japão, e “Concrete Octopus” de Osamu Kanemura, coeditado com a editora japonesa de livros de fotografia Osiris.

A oitava edição da feira de editoras de livros de fotografia, arte contemporânea e design vai acontecer paralelamente à 21.ª edição da feira internacional de fotografia Paris Photo, que vai decorrer no Grand Palais e que vai contar com as galerias portuguesas Carlos Carvalho e Filomena Soares.

Paris vai também acolher, de 09 a 13 de novembro, o Salon de la Photo, uma feira de material fotográfico, que vai decorrer no parque de exposições da Porta de Versalhes, na qual vão estar, pelo menos, três empresas portuguesas.