De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Desporto

Cristiano Ronaldo entra para o Guinness por marcar em quatro europeus

O Livro Guinness dos Recordes incluiu na sua edição de 2018 o recorde de Cristiano Ronaldo como o único jogador a ter marcado em quatro europeus de futebol

O capitão da seleção portuguesa estabeleceu aquela marca no último Europeu, disputado em França e que Portugal conquistou, tendo marcado nos quatro campeonatos que jogou.

O feito do jogador madeirense iniciou-se em 2004, durante o europeu organizado por Portugal, no qual marcou dois golos. O primeiro no jogo de estreia frente à Grécia, derrota por 2-1, e o primeiro na vitória por 2-1 sobre a Holanda, que deu a Portugal o ‘passaporte’ para a final da prova, a qual perdeu para a Grécia (1-0).

Seguiu-se, em 2008, o Europeu organizado pela Áustria e pela Suíça, prova na qual Ronaldo apenas anotou um golo, o segundo na vitória (3-1) sobre a República Checa, ainda na fase de grupos. Portugal foi eliminado nos quartos de final, ao perder com a Alemanha por 3-2.
No Europeu de 2012, na Polónia e na Ucrânia, marcou três tentos. Depois de ter ficado em branco nos dois primeiros jogos, Ronaldo marcou os dois golos na vitória (2-1) sobre a Holanda, tendo, nos quartos de final, anotado o golo que ditou o triunfo (1-0) sobre a República Checa. Nas meias-finais, Portugal foi eliminado nos penáltis pela Espanha, após 0-0 no tempo regulamentar e prolongamento.

Em 2016, no Europeu de França, que Portugal viria a conquistar, Ronaldo voltou a marcar três golos, apesar de ter ficado em branco na final frente aos anfitriões, na qual saiu lesionado ainda na primeira parte (25 minutos).

Com os três golos – dois no empate 3-3 frente à Hungria, que garantiu a passagem aos quartos de final da prova, e o primeiro na vitória (2-0) sobre o País de Gales, nas meias-finais -, Ronaldo tornou-se assim no primeiro jogador a marcar em quatro europeus, tendo ainda igualado o francês Michel Platini como os melhores marcadores de sempre em fases finais de europeus (nove golos).

Na nota divulgada esta segunda-feira, o Guinness destaca ainda que na edição de 2018 vai constar o recorde do avançado inglês Peter Crouch, que, em 2015, bateu o recorde de Alan Shearer como o melhor marcador de golos de cabeça na liga inglesa.

Em maio de 2015, o antigo jogador do Liverpool chegou aos 47 golos de cabeça, superando os 46 de Shearer, que brilhou ao serviço do Newcastle, tendo Crouch, desde então, acrescentado mais quatro golos ao feito (51).