De que está à procura ?

reinounido
Lisboa
Porto
Londres, Reino Unido
Comunidades

Caso Maëlys: Nordahl Lelandais hospitalizado

A pedido do advogado, Nordahl Lelandais, que confessou ter matado a menina lusodescendente Maëlys de Araújo, foi hospitalizado. Esta será uma medida de “precaução”, e o autor do crime só pode sair do hospital perante indicação médica.

Fonte próxima do caso disse não ter havido qualquer “tentativa de suicídio”, e que o internamento serve para prevenir qualquer tentativa dessa natureza.

Desde que confessou ter matado Maëlys, na quarta-feira passada, o ex-soldado de 34 anos está a ser monitorizado, a cada 45 minutos, no centro penitenciário de Saint-Quentin-Fallavier (Isère), onde está detido em prisão preventiva.

Na quarta-feira, Lelandais confessou o crime e ajudou as autoridades a encontrarem o corpo.

Maëlys de Araújo, uma menina lusodescendente de nove anos, desapareceu sem deixar rasto a 27 de agosto durante uma festa de casamento, num salão de festas em Pont-de-Beauvoisin.

A mãe da menina, prima da noiva, deu conta da ausência da filha quando passavam poucos minutos das três horas da madrugada. As primeiras buscas não produziram qualquer resultado e a polícia foi chamada ao local.